Por que ter uma rotina de skincare?

Publicado em 30 de julho de 2021 por .

rotina de skincare

Foto: Raw Pixel

A pele é como se fosse o nosso escudo de proteção. Ela ajuda na defesa contra fungo, bactérias e até agressões externas. Para além disso, cuidar do maior órgão do corpo humano é uma forma de amor e de autocuidado. “Muitas pessoas ainda acreditam que o skincare é um comportamento social obrigatório, e isso acaba se tornando até um fardo. Quando na verdade é sobre as pessoas. É sobre você mesma, como quer se expressar para si e para o mundo”, reflete a dermatologista Bruna Nazario de Porto Alegre. “Existe muitas publicações que falam sobre o fator psicológico que o skincare causa nas pessoas. Além do autocuidado ser uma forma de trabalhar o bem-estar, para fugir da correria e do estresse do dia a dia, ele também atua na mente”, completa.  

É um processo muito individual e vai do gosto de cada um, tem gente que ama usar vários produtos e outras que apenas dois ou três passos são o suficiente, e não tem problema. Não tem idade, gênero, etnia. Você pode começar até com 6 meses de vida, fazendo o uso do protetor solar. Ou nas alterações que muitas vezes acontecem durante a adolescência. “Quanto mais cedo melhor, isso todo mundo já ouviu, entretanto também é quando você se sente pronta para começar”, orienta Bruna.

Antes de iniciar uma rotina, é sempre muito importante consultar dermatologistas, para entender as condições da sua pele e em qual momento ela se encontra. A partir daí, se você está disposta a passar vários produtos ou ser uma pessoa que quer o mínimo possível, é algo que vai ser definido junto ao seu médico.  

“Montar uma rotina de skincare no consultório é muito difícil porque envolve vários aspectos da vida e do gosto da pessoa. Eu me considero um guia, não é na primeira tentativa que a gente vai ter sucesso, precisa ter persistência e paciência. Por isso, eu falo que as bonibox são tão importantes. Não é sobre ver o benefício imediato, porque muitas vezes é pouco o tempo de uso. Mas sim para sentir o produto, ver como ele vai se adaptar e se comporta na sua pele”, explica Bruna.

Para começar, você pode seguir as recomendações da Sociedade Brasileira de Dermatologia, com a limpeza fácil com um sabonete específico pro seu tipo de pele e um tônico para remover os traços de óleo, sujeira e maquiagem, que o sabonete não foi capaz de retirar. Depois, um hidratante e, por último, um protetor solar. A dica é: aplique em ordem de consistência, do mais fino ao mais espesso, ou seja, limpador, tônico (se você usar), sérum, hidratante e protetor solar. 

Para além de manter a pele e o bem-estar em dia, ter uma alimentação equilibrada, beber água e manter hábitos saudáveis vão contribuir para o gerenciamento de uma pele sadia. “Mas, novamente, é muito individual se preparar para isso. Se a pessoa já passou dos 70 anos e não tem hábitos de exercícios saudáveis por exemplo, será que eu devo impor isso ao meu paciente? Ou você mesma deve se impor e tentar se respeitar. A pele é muito sensitiva e muito reativa aos nossos prazeres”, finaliza. 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site usa cookies para lhe oferecer uma melhor experiência de navegação. Ao navegar neste site, você concorda com o uso de cookies.