Como anda a relação com a maquiagem na pandemia?

Publicado em 12 de julho de 2021 por .

Foto: Jazzie Moyssiadis

Segundo um artigo publicado pela Business of Fashion recentemente, a maquiagem deve voltar a reinar a partir desse segundo semestre do ano. A avaliação é baseada no Hemisfério Norte, onde países como os Estados Unidos já vacinaram a maioria da população e começam a flexibilizar o uso da máscara, impensável ainda no Brasil. Já um outro artigo, dessa vez publicado pela revista Instyle, aponta que até 2022 as pessoas continuarão a adaptar novas formas de usar o batom com as máscaras de proteção, optando por formulações que oferecem longa durabilidade e facilidade de aplicação. Como fica o futuro da maquiagem nesse cenário que prevê o uso de máscara por um tempo, e mesmo após a vacinação, deve incorporar a máscara em diversas situações?

Durante a pandemia, o maquiador Helder Rodrigues percebeu dois movimentos. “Algumas pessoas deixaram de lado a maquiagem e focaram no skincare. Outra parcela potencializou o uso da maquiagem como um acessório. Com mais tempo passado em casa, muita gente se jogou e começou a testar itens que nunca havia usado. Vi muita gente arrasando no delineador”, diz. O dermatologista Fábio Rebucci identificou um comportamento semelhante em suas pacientes: algumas estão usando mais maquiagem por conta das reuniões de trabalho no Zoom: como passam mais tempo se olhando no “espelho” da tela do computador, capricham mais na make. Por outro lado, por saírem menos de casa, muitas deixaram de lado um dos itens mais importantes do skincare: o protetor solar. “Notamos que as pacientes estão usando menos protetor solar em casa, muitas vezes trabalham perto da janela e não se lembram que a janela passa radiação ultravioleta que também envelhece”, alerta.

Duda Yamaguchi foi uma das bonis que passaram a ter um outro olhar sobre a maquiagem e dar mais atenção para a make nos olhos bem coloridos. “Redescobri a maquiagem de uma nova forma, menos como obrigação, e mais como expressão e arte. Ando mais ligada nas novas técnicas que antes eu achava muito diferentes, como delineados gráficos e sombras bem coloridas. Os meus favoritos são os BT Velvets, uso eles pra tudo!”, diz Duda. E teve gente que passou a usar mais maquiagem agora do que antes da pandemia, como o Rafael Ribeiro, do Oh minha pele, que durante esse período em casa, resolveu testar novas possibilidades. Já a boni Maria Ribeiro, tem usado os itens para dar uma levantada no humor e sentir-se mais motivada no dia a dia. Nossa comunidade de experts contou que entre os produtos mais usados durante a pandemia estão os com textura mais cremosa, base com cobertura bem leve (ou sem), corretivo e pouquíssimo pó. Ainda que algumas delas continuaram a usar batom, adaptando a maneira de usar o produto, é perceptível que a estrela de muitas maquiagens não ganhou o destaque que ela merece. 

É fato que o setor de skincare cresceu muito no ano passado. Só no Brasil, em 2020, produtos na categoria de skincare tiveram um aumento de 13% em relação ao ano anterior, conforme os dados divulgado pela Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC). Já as vendas de maquiagem caíram cerca de 6%, passando de R$ 10,075 bilhões para R$ 9,128 bilhões. Esse cenário, prevêem os especialistas, tende a mudar. “O skincare teve seu momento com a pandemia, agora estamos vendo o pêndulo voltar para a maquiagem”, afirmou Lauren Malecha, gerente sênior de ativações da Lancôme, ao The Business Of the Fashion. “Com o aguardado fim da pandemia, o batom vai voltar, não tem como, é um item clássico do cotidiano e faz parte da personalidade de muita gente. Estou torcendo para ver esse retorno em breve”, diz Helder, na torcida. 

Para quem é do time “volta, batom”, como o Helder, separamos alguns conteúdos bem legais para ir treinando ou para usar de uma maneira diferente, mesmo com a máscara por cima. Olha só:

Make só com um batom

Boca de praia pra quem tá em casa

Batom “boca de carne”

Um comentário sobre “Como anda a relação com a maquiagem na pandemia?

  1. Thaís Pilotto disse:

    A pandemia me trouxe uma nova visão sobre a maquiagem. Passei a enxergar a Make enquanto forma de arte e de me expressar. Ela deixou de ser uma forma de esconder aquilo que não queria que aparecesse, e isso tem sido libertador!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site usa cookies para lhe oferecer uma melhor experiência de navegação. Ao navegar neste site, você concorda com o uso de cookies.