Ácido bakuchiol: alternativa natural ao retinol? Vem conhecer mais

Foto: Jazzie Moyssiadis

Já ouviu falar do ácido bakuchiol e por que ele é um dos ingredientes em alta no skincare? Trata-se de um ativo retirado das folhas e sementes de uma planta chamada psoralea corylifolia, e que vem ganhando força no mundo da beleza como uma alternativa vegetal e menos irritante para o tratamento de poros, linhas finas e até manchas. “Sua principal função é induzir a produção de colágeno, melhorando a firmeza da pele. É, ainda, um potente antioxidante (que protege a pele contra a ação nociva dos radicais livres)”, afirma a dermatologista Raquel Nardelli, do Rio de Janeiro, professora do ambulatório de Dermatologia Corretiva e Envelhecimento Cutâneo do hospital universitário da UERJ (Universidade Estadual do Rio de Janeiro).

Alguns estudos, como o do “British Journal of Dermatology”, comparam o ativo ao retinol, com bons resultados para o tratamento de firmeza da pele, especialmente em peles sensíveis. As marcas californianas Ole Henriksen e Herbivore, por exemplo, substituíram o antigo retinol pelo irmão botânico. “Trata-se de um ativo alternativo não sensibilizante, que pode ser usado inclusive em pacientes portadores de rosácea e outras doenças dermatológicas”, diz Raquel. Entre seus benefícios estão a redução de linhas finas e uniformização do tom da pele. “De acordo com alguns estudos científicos, no uso prolongado, a pele do rosto fica com aspecto mais homogêneo”, conta a dermato.

A aplicação pode ser feita até duas vezes ao dia, segundo a médica, já que o ativo não causa fotossensibilidade na pele. No entanto, é importante manter o fator proteção por perto, visto que a exposição solar – sem proteção adequada – acelera o envelhecimento da pele.

Produtos com ácido bakuchiol:

Sérum Phyto-Retinol com Esqualano, Biossance
Solução Retinol-Like, Simple Organic 
Kit Sérum Flavo-C Antioxidante Ultraglican Diurno 10 Unidades + Reparador Melatonin Noturno


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.